top of page

O Modelo Biomédico e a Saúde Integrativa



Tenho acompanhado frequentemente minha mãe e tias a consultas e exames e presenciado, na grande maioria das vezes, a atuação médica (me refiro às áreas de saúde em geral) fundamentada em um modelo biomédico cujo objetivo é se focar em partes cada vez menores do corpo biológico, o que leva à perda da abordagem do paciente como um ser humano integrado.


Quantas vezes você foi a um profissional de saúde e ele te perguntou como está a sua vida, se teve alguma perda ou alguma situação específica de estresse que pudesse estar ligada à questão de saúde que você estaria apresentando a ele?


As práticas de saúde estão se tornando cada vez mais objetivas. Limitam-se a seguir as “receitas” deste modelo biomédico, sem saber primeiro o contexto no qual o paciente se encontra.


A medicina denominada moderna raramente associa as doenças ou alterações de saúde à subjetividade do paciente, relacionando-o a seus aspectos biopsicossociais e espirituais-energéticos.


Por muito tempo eu pensei que não tivesse me adaptado à área de saúde ou que tivesse um pensamento utópico em relação a minha conduta na odontologia. Mas, quando comecei a estudar as áreas relacionadas à Saúde Integrativa, percebi que o que realmente acontecia era que eu não me identificava com esse modelo biomédico vigente.


Foi um alívio perceber isso e um prazer me aprofundar mais nesta abordagem de saúde integral que incentiva a autonomia do indivíduo e atua junto com ele e não para ele.


A proposta das práticas de saúde integrativa não visa substituir os serviços e o acompanhamento dos profissionais de saúde que seguem o modelo biomédico, mas sim complementar a assistência e ampliar a compreensão do paciente sobre o autoconhecimento e autocuidado.


As imagens aqui mostram características fundamentais do modelo biomédico da medicina moderna e da saúde integrativa.











O que fazer diante dessas diferenças?


A crise mundial do modelo médico vigente nos mostra que tanto o profissional quanto o paciente precisam dar um novo significado aos seus conceitos e concepções relacionados à saúde e à doença, sendo essencial o autoconhecimento.



Comments


bottom of page