O Conhecimento Liberta


Estou participando das aulas do @institutoconhecimentoliberta e uma delas é a Filosofia de Foucault. Eu tive interesse em me aprofundar mais nessa filosofia porque grande parte dos artigos científicos que eu estudo sobre padrões de beleza e estética integrativa cita este filósofo. Uma das imagens mais clássicas que Foucault retrata é de uma estaca e uma corda amarrada na árvore. Esse símbolo também acontece com as pessoas e pode ser aplicado em várias áreas, inclusive na estética. Nesta imagem, há uma intenção em modificar a aparência da árvore, por meios objetivos, para que ela se adapte e se apresente de outra maneira. Há uma série de discursos que sustentam e que possibilitam que a adaptação estética dessa árvore ocorra: - Ser torto é ruim; ser reto é bom. - Ser torto é ser velho; ser reto é ser jovem. - Ser velho é feio; ser jovem é bonito. Podemos nos estender a vários exemplos, que trabalham muito com a dualidade. E a ideia é que precisamos nos corrigir e ser de uma certa forma. Esses são discursos que estão dentro de uma ordenação social e que nos formam a cada dia de uma determinada maneira. E, muitas vezes, nem mesmo sabemos como ou por que acreditamos neles. O discurso cumpre esse papel de corrigir, adequar, normatizar, regulamentar. Há uma condição para se pensar assim. Mas, se a ordem é parecer bela e jovem o tempo todo, isso gera consequências para a formação do indivíduo, que passa a se relacionar com sua aparência e com sua idade de uma determinada maneira. O que parece certo é ter sempre que se adaptar, assim como fez a árvore. E o que tem de errado em se expressar de forma diferente do modelo estabelecido? Quando assumimos ser diferentes de uma ordem estabelecida, passamos a reagir a essa ordem. E, claro, toda uma ordem luta para ser mantida. Mas criamos uma espécie de resistência que gera um potencial para que aconteça uma realidade diferente. Ao compreender a construção de um pensamento, como a sociedade opera e como atuamos dentro dessa sociedade, torna-se possível construir nosso próprio pensamento. Assim, conseguimos nos enxergar dentro de vários processos e expandir nosso conhecimento, nos abrindo a novas maneiras.

#oconhecimentoliberta #resistencia #padroesdebeleza #serdiferente #esteticaintegrativa #michelfoucault #filosofiaeestetica #aordemdodiscurso