O Autocuidado que Tem a Ver Comigo


Eu comecei a aderir ao uso dos cosméticos naturais, substituindo, gradativamente, meus principais produtos de cuidado pessoal e beleza convencionais quando eu percebi que estava dentro de um ciclo vicioso de sempre precisar de algum produto pra resolver ou ser melhor do que aquele que eu tinha. Eu achava que o produto que eu ainda não tinha e estava na minha “lista de desejos”, resolveria meu cabelo opaco e sem vida, por exemplo. Ou minhas manchinhas de acne.


Nesta minha caminhada de cuidados com o corpo (rosto, principalmente), já fiz quase todo tipo de tratamento desde adolescente. E ia aos mais renomados profissionais que, na época, prescreviam produtos importados para cuidar da minha pele. E, pra ser sincera, nada funcionou como eu esperava ou imaginava.


Então, um dia, cansei de usar um shampoo muito “limpante” a ponto ressecar meu cabelo e, em seguida, precisar usar um creme capilar que prometia brilho intenso, mas só “selava” meu cabelo por fora. Fui descobrindo que, de fato, alguns produtos contribuem para manter esse ciclo vicioso, incentivando uma agenda de consumo e de descontentamento.


Senti que essa maneira de autocuidado não tinha mais a ver comigo. E fiquei pensando quantas pessoas, assim como eu, estavam também insatisfeitas.


Eu me permiti fazer uma mudança, trazendo pro meu dia a dia uma maneira mais simples e mais natural de autocuidado.


E como sempre tive interesse em pesquisar e procurar saber mais sobre autocuidado, fui aprofundando mais meu conhecimento. Mas não busquei apenas a área da estética em si. Também a do autoconhecimento, aliando-o à estética. Afinal, a beleza é uma forma de expressão subjetiva, se apresentando de várias formas - físicas, energéticas, emocionais.


Descobri que o que eu fiz foi muito mais do que escolher o natural. Comecei a vivenciar uma mudança de comportamento, de hábitos, do modo de me ver e de ver o mundo.

.

.

#cuideseintegralmente

#autocuidadosimplesenatural #belezanatural #consumoconsciente #cicloviciosodaestetica #autocuidadominimalista #cuidesecosmeticosnaturais