Cosméticos Naturais

Modismo ou um processo de mudança de comportamentos e hábitos?

Os cosméticos naturais estão em alta e mais pessoas passaram a experimentar e já são pauta de revistas de moda, beleza e comportamento e de influenciadores digitais. Isto é um forte sinal cultural de que a adesão aos cosméticos naturais está aumentando e, segundo alguns estudos, atingirão a massa populacional até 2023 no Brasil.


Mas será que optar por produtos naturais para autocuidado é apenas um modismo? 


O uso dos cosméticos naturais nasce de um movimento descentralizado de consumidores e pequenos produtores impulsionados pelo desejo de ter maior responsabilidade pelo meio ambiente e, especialmente, pela busca de um estilo de vida mais saudável e de uma experiência de beleza mais natural com menos produtos para um ritual de beleza e autocuidado.


Estudos científicos recentes, de diversas áreas, têm pesquisado o comportamento de consumidores de cosméticos naturais. Os resultados revelam que estes consumidores são mais críticos em relação à indústria, mais conectados ao valor da natureza como fonte de sabedoria e mais independentes de padrões impostos à beleza. 


Os cosméticos naturais podem ser também ferramentas de evolução pessoal, com o desenvolvimento da criatividade - através da experiência multissensorial das cores, cheiros e texturas dos seus ingredientes - de conexão mais íntima consigo mesmxs, com a natureza e com xs outrxs. 


Além do mais, o cosmético natural projeta uma autorrealização e representa mais do que uma melhor escolha racional; trata-se de uma experiência cognitiva, emocional-simbólica, sensorial-estética.


Todas as experiências relatadas nesses estudos são vivências transformadoras que são reflexo do processo de mudança de comportamento e hábitos para um novo olhar em relação a si mesmx e uma nova maneira de se relacionar com o mundo.


🌿Você já se permitiu experimentar algum cosmético natural?  


Referências:

 

NOGUEIRA, Michelle Alves et al. Ser: cosméticos naturais. 2019. 

BERBARE, Larissa Popovici. As motivações do consumidor para a adoção de cosméticos naturais. 2019. Tese de Doutorado. 

SANTOS, Juliana da Silva et al. Beleza Pura: fatores de influência no consumo de cosméticos orgânicos e naturais. 2019. 

ISAAC, GUSTAVO ELIAS ARTEN. O desenvolvimento sustentável do setor cosmético e o comportamento do consumidor frente aos cosméticos sustentáveis. Centro Universitário das faculdades associadas de ensino-FAE. São João da Boa Vista, p. 1-140, 2016. 


#sustentabilidade #consumoresponsavel #cosmeticosnaturais #inovacao #culturadoconsumo #belezaverde #belezanatural

Criação de Aline Bitencourt